CPI das UPPs pede informações à secretaria de Segurança e TCE

Na próxima semana o deputado estadual Bruno Dauaire (PR), presidente da CPI que investiga as Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), vai levar à secretaria estadual de Segurança os ofícios com pedidos de informações sobre o projeto. Esta semana ele esteve no Tribunal de Contas do Estado (TCE/RJ), acompanhado da vice-presidente da CPI, deputada Tia Ju (PRB). A emissão dos ofícios e as convocações que começam a ser feitas nos próximos dias foram aprovadas no dia 13, na primeira reunião ordinária da CPI, que foi instalada no dia 7. 

 

A agenda com a presidente interina do TCE, conselheira Marianna Montebello Willeman, foi na tarde desta quarta-feira, 21. A CPI solicitou os resultados das fiscalizações e auditorias nos contratos de locação de automóveis e compra ou locação de contêineres para as UPPs, feitos pela secretaria estadual de Segurança. Bruno e Tia Ju também pediram os resultados da análise da prestação de contas da secretaria, especialmente quanto à execução orçamentária destinada às UPPs entre 2008 e 2017, e dos recursos do Fundo Especial da Alerj e do empresário Eike Batista que foram doados ao projeto. 

 

A CPI já aprovou a convocação de coronéis da PM e os ofícios devem começar a ser encaminhados nos próximos dias. “Dependemos das respostas a esses pedidos de informações para ajudar a definir e embasar as próximas etapas dos trabalhos da comissão”, explica Bruno Dauaire. Relatórios do Centro de Estudos de Segurança e Cidadania da Universidade Cândido Mendes também vão auxiliar no levantamento de dados.

Foto: Bruno Dauaire e Tia Ju no TCE

Deixe uma resposta